O que fazer na quarentena? Três livros para baixar gratuitamente

O que fazer na quarentena? Três livros para baixar gratuitamente

Isolamento pode ser uma grande oportunidade para conhecer mais sobre a literatura brasileira

Três grandes clássicos da literatura brasileira para baixar em PDF gratuitamente. Foto: Su Stathopoulos

SHEILA BAUM

30 MAR 2020

Fazer a pergunta “Como está sendo a sua quarentena? ”, soa quase como uma piada de mal gosto. Afinal, são tempos de muitas dificuldades, receios e dúvidas. Mas uma coisa é clara: temos que manter a cabeça no lugar!

O confinamento pode, a princípio, soar como algo muito desesperador, e é, em alguns momentos; como também, caso se dê a oportunidade à isso, é possível levá-lo de forma bem construtiva.

Esse atual cenário de grandes dificuldades também, quem sabe, tem possibilitado às novas percepções da vida, de como normalmente agimos no nosso cotidiano. Reflexões acontecerão, penso eu. Estamos “parados no tempo”, no entanto, há como enxergar e lidar com tudo isso de outra maneira: de modo mais leve, na medida do possível.

Não “podemos” ir ao parque fazer uma caminhada, mas podemos realizar alguns exercícios em casa; não “podemos” sair para jantar, almoçar ou tomar um café da manhã nos estabelecimentos, mas agora temos a oportunidade de cozinhar e ter as refeições em família; não “podemos” ir ao cinema, teatro, escola, faculdade, mas podemos ver filmes online, encenar entre amigos e nossas crianças; também podemos estudar pela web. Aos apaixonados pela leitura, não faltam oportunidades para baixar livros gratuitamente.

A leitura é capaz de te levar para lugares mágicos, de te trazer questionamentos, aumentar o seu conhecimento, de te tirar da realidade. Os fascínios de cada linha percorrida pelo olhar sob as páginas brancas ou amarelas, não são explicáveis. É preciso viver isso! É preciso acreditar no seu poder, ou melhor, nos seus encantos viciantes.

Com um livro nas mãos, você vai do século XXI ao século XVII, num abrir de capa; vai da Terra à Lua, sem precisar ser astronauta; troca o olhar triste por um sorriso largo, com algumas viradas de páginas. Ele, o livro, mostra que a imaginação pode, muitas vezes, ser bem mais intrigante que a própria realidade – não é que não temos que encarar os percalços da vida, mas que possamos fugir dos tormentos às vezes. E por que não?

E foi pensando nessas questões todas que separei três livros (baixar em PDF gratuitamente) para compartilhar: Iracema, José de Alencar; Dom Casmurro, Machado de Assis e Os Sertões, Euclides da Cunha – grandes clássicos da literatura brasileira.

Os livros podem ser baixados tranquilamente, já que são de fonte segura e de domínio público.

1. Iracema, José de Alencar

Iracema, José de Alencar. Foto: Su Stathopoulos.

Publicado em meados do século XIX, em 1865, Iracema, “virgem dos lábios de mel”, traz, em um recorte, a história e cultura do nosso país.

O livro traz a história de uma índia tabajara que se apaixona pelo europeu Martin Soares Moreno, encarregado de colonizar a região, atual Ceará. Uma história de amor que traz muito sobre o surgimento do povo do Brasil.

Escrito por José de Alencar (1829-1877), um dos maiores escritores da literatura brasileira, também era advogado e político. Além de Iracema, o romancista cearence nos deixou várias relíquias como, O Guarani, Cinco Minutos entre outros.

Baixe o livro gratuitamente em PDF aqui.

2. Dom Casmurro, Machado de Assis

Dom Casmurro, Machado de Assis. Foto: Su Stathopoulos.

Dom Casmurro, a maior obra de Machado de Assis, – um romance, sendo considerada uma das mais importantes da literatura brasileira, foi publicado em 1899. Narrado sempre em primeira pessoa, traz a história de Santiago, o protagonista, na qual faz ligação com o seu passado. Uma história de amor, que dá início na sua juventude, com Capitu.

O livro traz os mais diversos conflitos: desconfiança, traição e ciúmes. E é ai que se encontra o conflito do livro: Será que Capitu traiu mesmo Bentinho (como era chamado na juventude)? Obra que reflete todo o retrato moral da época.

A obra te levará à uma viagem ao passado, através dos pensamentos e memórias do narrador. Quem o lê, pouco consegue separar a realidade da imaginação de Santiago. Portanto, o leitor fica totalmente livre para fazer as suas interpretações.

Baixe o livro gratuitamente em PDF aqui.

3. Os Sertões, Euclides da Cunha

Os Sertões, Euclides da Cunha. Foto: Su Stathopoulos.

Os Sertões, obra de Euclides da Cunha (1866-1909), publicada em 1902, narra os acontecimentos da terrível Guerra de Canudos, que ocorreu no interior da Bahia, entre 1896 e 1897. Um marco na literatura e na história do Brasil.

O livro surgiu após Euclides ter sido convidado pelo Jornal Estado de São Paulo para cobrir a guerra no Arraial de Canudos. Ele traz o relato misturado com literatura.

Não é uma leitura muito fácil, já que a forma de escrita segue a linha original, blocos de textos e de difícil compreensão, claro, atualizada com as regras atuais, porém, é um clássico que necessariamente é preciso ler.

Há diversas críticas quanto ao nacionalismo e ufanismo (o ato de orgulhar-se com exagero) da sociedade brasileira da época. Traz a realidade vivida no país. Vai de contramão a todos os livros daquele período.

Baixe o livro gratuitamente em PDF aqui.

E-mail: contatojornalconatus.com

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você pode gostar também

Reportagem Especial

%d blogueiros gostam disto: